Skip to content
26/08/2011 / Geane Aguiar

O escrito absorta a ranhura que cai sobre meus pés. A fuligem dos enleios cobiça objetos pontiagudos, afiados o bastante para arderem em minhas tripas, destroçarem até os ossos. Sou como madeira carcomida, salpicada de buracos, ou como restos degenerativos. Sem paciência. Atônita, cênica, incrédula. Quero enterrar minha cabeça na parede, quero esmagar os meus dedos.

O desejo quase doloroso de vomitar dentro de mim por ser inútil, imunda e desgarrada. Seu olhar mordaz sobre meus pecados, minhas culpas, temores, assusta esse cadáver que anda com ideias fracas. Enfraquecido pelas perdas, não há abraços, afagos – não há nem desculpas. Não sinto falta de nada.

Pessoas pensam se importar, lendo ou ouvindo sobre mim. “Para onde correr?” Tantos medos cravados, fincados, molestados, implorados e inválidos. “Por que agora seria diferente?” O grotesco passado chora em cada fala, gesto ou memória de ignorância ou desdém. Põe em chamas o meu juízo.

Anúncios

15 Comentários

Deixe um comentário
  1. Marina Damázio / ago 29 2011 21:43

    Nossa, Ge… que triste =/ tá muito bem escrito, mas é triste… fica bem, hein?? não gosto de te ver tristinha…. =/ beijos, lindona =**

  2. naty / ago 29 2011 21:56

    nossa.. ‘o’ sensação tipica de verdadeiros artistas. inclusive bethoveen ‘o’ D: espero que voce supere, aprenda, e assim saiba lidar mais com a vida, e se conhecer melhor ♥

  3. Juliana Machado / ago 30 2011 13:45

    Seus textos são todos lindamente escritos, independente do sentimento ou emoção que você transmita. Todos temos altos e baixos na vida, e fico feliz de te ver fazendo algo legal com essa maré de sentimentos. Você é muito talentosa, parabéns ^_^

  4. João Afonso / ago 30 2011 13:47

    Imaginei uma ceda de fim, de angústia, de mudanças instantâneas.. E no meio dela algum refúgio! Parabéns pelo enriquecido vocabulário.

  5. Luany / ago 30 2011 13:54

    Eu já li esse texto mais cedo e não comentei, mas agora tirei um tempo e vim comentar. Sempre venho aqui no seu blog, e falando sério, é o melhor que eu conheci.. Gosto daqui de mais.. Felicidades!
    Belo texto!

  6. Victor Patrow / ago 30 2011 13:56

    Cara, eu fiquei sem palavras lendo esse texto. Ficou excelente. Sério. As palavras certas, pro assunto certo. Triste, no entanto, mas lindo de ler. Sou fã ^^

  7. Juliana / ago 30 2011 13:57

    Gostei muito do seu blog e do jeito que vc escreve. É bem prufundo e dinâmico, muito poético – uma incrivel combinação. Está de parabéns! 🙂

  8. Ana Elisa / set 1 2011 15:33

    Eu gosto de jeito que você envolve o leitor. Eu sempre começo a leitura devorando as palavras. Adorei o post!

    Abraços!

  9. Paloma Brunoro / set 1 2011 15:34

    Que saudade de passar por aqui!
    Como sempre, belíssimo texto! Continue compartilhando seus pensamentos conosco, é uma dádiva ler seus escritos. Muito talentosa 🙂

  10. Natalia / set 1 2011 15:40

    Acredito que seus textos não poderiam ser mais precisos… Excelentes!

  11. Luana Butura / set 2 2011 12:37

    Esse tocou meu coração >< Muito bonito, Ge! Parabéns pelo seu talento, as suas palavras me emocionam sempre. Mas se você estiver se sentindo assim, espero que tudo fique bem…
    Bjos! =*

  12. Suellen / set 2 2011 12:55

    Um dos melhores textos seus que já li. Profundo, dilacerador, arrepiante… Bravo!

  13. Bernardo / set 2 2011 12:55

    Fica sempre a incógnita do que irei encontrar ao adentrar o infinito do seu blog. Às vezes amor, às vezes reflexões, às vezes ódio profundo, às vezes raiva reprimida. Você é uma escritora muito versátil, parabéns pelo seu talento, isso que é ser boa no que faz.

  14. Diego / set 2 2011 12:56

    Forte post, senti na pele ao ler… Não tenho muito costume de ler, mas sei apreciar quando encontro alguém que escreva bem como você.
    Um ótimo final de semana.

  15. Clarisse / set 2 2011 12:58

    É lindo admirar sua intimidade com as palavras. Cúmplices dos seus momentos, conhecedoras de suas verdades. Não desista nunca de escrever, você o faz brilhantemente, de fato! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: