Skip to content
15/07/2011 / Geane Aguiar

O corpo dela está cansado, carregado de raiva por momentos passados. Sentimentos misturados, embaralhados, drogados. Seus vícios, suas manias desfocados por criticas, por palavras verdadeiras, cheias de orgulhos, a ferem e machucam seu íntimo depressivo. Ela deseja que tudo ao seu redor se destrua. Sem forças, sem proteção para erguer sua coragem, se esconde em seu quarto onde reinam lembranças desagradáveis e gestos amorosos de vidas que já se foram.

Ao andar na rua, ao conversar com seus colegas, apenas sorri para camuflar sua insanidade. Ninguém poderá compreender a sua dor. Terão pena de sua fraqueza. Ela anseia por ser aceita na sociedade, para que suas ideias sejam valorizadas, para que seja acolhida em abraços, beijada por amores reais.

“Quero sair daqui, sair de mim. Leve-me de volta para o amor.”

Anúncios

10 Comentários

Deixe um comentário
  1. Marina Damázio / jul 18 2011 05:07

    Gê, me identifiquei muito com suas palavras… muito lindo, tá de parabéns, viu?? xD
    Beijoss

  2. Juliana Machado / jul 18 2011 19:18

    Esse texto é lindo demais, e sempre que leio relembro da campanha que ajuda as pessoas com depressão. A sua forma de lidar com as palavras, o jeito de organizar as ideias, é simplesmente lindo de ler ^^ Parabéns, mais um texto maravilhoso no seu blog *-*
    Você ahaza, minha escritora predileta ‘O’ ♥

  3. Natalia / jul 20 2011 02:53

    Seus textos são muito bem escritos. Realmente seus posts tem originalidade, tem estilo. Parabéns 😀

  4. Lolly. / jul 20 2011 03:01

    Hum, esse texto me tocou mais que os outros, na verdade, bem mais. Seus textos são sempre ótimos, mas acho que esse vai ser o meu predileto por algum tempo.

    Você está de parabéns. ❤

  5. Guilherme / jul 20 2011 03:04

    A leitura dos seus textos é bem dinâmica, bem interessante. Curtos, leves e fáceis de ler. Lindo este post, simplesmente lindo!

  6. Lary / jul 20 2011 03:07

    Olá, me dei ao luxo de olhar alguns de seus textos e, particularmente este me atraiu a atenção. Simples e de um ritmo interessante, você sabe escrever muito bem, não faz com que fique cansativo de ler. Perdi horas lendo seu blog e nem reparei. Parabéns, e continue postando, você é muito boa! =]

  7. Roberta Lauar / jul 20 2011 03:11

    Você é realmente uma grande escritora, sempre com essas palavras lindas nos surpreendendo a cada sexta. Gosto muito do seu estilo de escrever. Continue assim, você vai longe, definitivamente!

  8. Daniica' / jul 20 2011 03:14

    É… acho que não vou cansar de elogiar a harmonia que há em suas palavras, tão inspiradoras e expressivas… É muito talento pra uma pessoa só!!

  9. Paloma Brunoro / jul 20 2011 03:16

    Nossa, amei esse texto, muito reflexivo. Identifico-me com tua forma de escrita, me encanta o seu fluxo de pensamento! Continue postando e não nos abandone, han! 😀

  10. Solipsismo Subversivo / jul 20 2011 17:41

    Muito sensivel sua arte poética. Esse texto me parece um desabafo mental do desconforto. Lembra-me o livro “elogio da loucura” sugiro q leia, terá inspiração. O autor é Erasmo de Rotterdam.

    bjus t+

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: