Skip to content
17/06/2011 / Geane Aguiar

Alveja horror da sua boca como estilhaços em mármore. Concreto em terra. Peso de ambições fracas e impulso escorregadio. Tumor cancerígeno. Faça, desfaça. Apenas desmanche sua inutilidade em meus pés. Preciso compartilhar o mesmo espaço com sua monotonia, mas não sou cega o bastante para ignorar sua deficiência.

Anúncios

14 Comentários

Deixe um comentário
  1. Juliana Machado / jun 17 2011 16:47

    Que linda reflexão! Sei que sempre comento a mesma coisa, mas é impressionante como em poucas palavras você expressa tudo que sente. Gosto muito de ler o que você escreve, de verdade. n_n
    Parabéns, você ahaza :3

  2. tais luso / jun 17 2011 23:58

    Você escreve muito bem. Este é pesado, mas muito bonito.
    beijo pra você.
    Tais Luso

  3. Clarisse / jun 19 2011 00:52

    Post grandioso! Seu vocabulário é sempre encantador… Adorei 🙂

  4. Luana Butura / jun 19 2011 01:16

    Seus textos são tão cheios de alma *—* Mesmo falando de sentimentos negativos é lindo de ler >.<
    Bjos! =*

  5. Bernardo / jun 19 2011 01:17

    A fertilidade dos seus pensamentos doma minha compreensão. Seus posts são incríveis, parabéns!

  6. Victor Patrow / jun 19 2011 01:19

    Me admiram as metáforas que você usa. Brinca com as palavras com tanta facilidade! Parabéns pelo seu talento, Geane! És única…

  7. Brener / jun 19 2011 01:21

    Que lindo post! Eu não gosto muito de escrever, embora goste muito de ler quando são bons como esse. Vale a pena entrar aqui.

  8. Gaby / jun 20 2011 15:29

    Nossa, gostei muito. Bem intenso, ficou muito bom. Seu blog tá bem feito em tudo, até na foto do perfil, rs.
    Parabéns!!!!

  9. Gilberto Manfroni / jun 20 2011 15:36

    Esse post é a obra de arte, em. Parabéns, gostei das metáforas, bem construído! Não pensa em escrever um livro?

    • Geane Aguiar / jun 24 2011 18:13

      Olá, Gilberto!

      Sim, tenho vontade de publicar um livro. Estou inclusive trabalhando em um.

      Abraços!

  10. Fernando Santos / jun 20 2011 15:38

    Bem feroz, bruto. Ficou muito bonito, gosto desses posts com mais complexidade e ira… Bjos…

  11. Guilherme / jun 20 2011 15:40

    Gostei disso, ficou bem legal o jogo entre as palavras! Vc é muito talentosa 😀 Seu blog sempre tem ótimos textos.

  12. Paloma Brunoro / jun 20 2011 15:44

    Você é mestra no jogo de palavras. Pequeno texto, mas ele tem um começo, meio e fim. Maravilhoso mesmo, como de costume. Senti saudades de vir aqui 🙂

  13. Ane Honoratto / jun 20 2011 15:47

    Adoro seus posts mais ásperos. Soam muito mais íntimos, mais vindos de dentro. Talvez seja porque sinto uma certa negatividade em mim mesmo, portanto me identifico com facilidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: