Skip to content
10/06/2011 / Geane Aguiar

Suaves gestos dispersos da sua paixão insensata levam minha lucidez aos primórdios sentimentos de loucura. Desvios irrelevantes incorporam a ambiguidade da sua ira na minha incompetente desinibição. Todos os dias, eu tenho uma necessidade desesperadora de lhe dizer que te amo mais do que a mim mesmo.

Anúncios

12 Comentários

Deixe um comentário
  1. Pekeno / jun 11 2011 02:09

    Amor é algo maravilhoso neh ?!
    Não se pode ser medido em palavras, mas é o modo mais bonito de o expressar.
    Confuso como sempre, é por isso que amo, com o medo de não ser amado.
    Muito Bom seu post.

    😉
    http://aiaiaiquedelicinhaa.blogspot.com/

  2. Phi Campos / jun 13 2011 05:32

    Certos sentimentos se tornam insignificantes ao nos depararmos com o amor. Não dá pra medir esforços quando se ama por completo!

  3. Ana Elisa / jun 13 2011 05:34

    Preciso encontrar forças dentro de mim para superar o trauma que tenho em relação a amar… Meu pensamento vai longe lendo seus posts…

  4. Clarisse / jun 13 2011 05:36

    O mais importante na entrega ao sentimento de amar é aproveitar O MOMENTO. As pessoas se prendem demais às consequências de amar e deixam de viver e guardar as boas lembranças.
    Lindo post! 🙂

  5. Ywanna / jun 13 2011 05:38

    Eu acho que antes de amar qualquer pessoa temos que nos amar, nos apreciar, nos cuidar. Quem não se ama não sabe amar o outro…. Muito bonitos seus pensamentos! =]

  6. Victor Patrow / jun 13 2011 05:41

    É lindo construir sua feliciadade em torno de um bom relacionamento. Gosto muito da constância dos seus textos.
    Abraço!

  7. Jamille / jun 13 2011 05:45

    Muito interessante seu blog, nada menos do que perfeito! ;D
    Você já teve blog antes? Sinto que já li seus textos…
    Beijos ;**

    • Geane Aguiar / jun 24 2011 18:09

      Olá, Jamille.

      Sempre tive blog, talvez você realmente tenha lido algo meu anteriormente, rs.

      Abraços!

  8. Marilene / jun 13 2011 05:47

    Acho impressionante sua capacidade de, em 4 linhas escrever algo de carga emocional tão linda. Gostei muito desse post, embora seja breve. Lindo!

  9. Roberta Lauar / jun 13 2011 05:49

    Seu blog é um dos poucos que vale a pena ler. PArabéns pelo conteúdo, você é ótima no que faz! 😀

  10. Bernardo / jun 13 2011 05:51

    Não consigo sentir isso. No entanto, um parágrafo muito bem escrito, gosto muito do seu trabalho aqui e ainda quero ler um livro seu.

  11. Luana Butura / jun 13 2011 05:54

    Achei esse post lindo *—* Sempre acho ne! euheuheuheueh Continue postando, Ge.
    Bjos! =*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: