Skip to content
14/05/2011 / Geane Aguiar

Nas ruas delirantes por teus gemidos, busco o ar contra tua pele suada. Sinto teus sussurros incitarem minha cobiça por tuas curvas. Meu crime foi amar-te a primeira vez sobre teus lençóis. Tua carne – vício devorador – eleva o bramido de minha alma e verte meu fogo.

Exiba-se, balance sensualmente e embriague a minha visão. Dissimule tuas reais intenções. Implore. Mostrarei a ti a insaciável paixão crescente em mim.

Anúncios

22 Comentários

Deixe um comentário
  1. Juliana Machado / maio 14 2011 02:03

    Own… Acho seus textos que falam de amor extremamente apaixonantes! ^___^ Me dá vontade de sorrir cada vez que leio :3 Como eu sempre digo, você é muito talentosa. Aliás, como sempre dizem né, porque a cada dia que passa vejo mais admiradores da sua escrita n_n
    Espero de coração que você continue se dedicando à escrever, porque não podemos negar o dom que recebemos =)

    Parabéns, novamente ♥

  2. Luana Butura / maio 16 2011 01:18

    A cada dia que entro no seu blog me apaixono mais pela sua escrita *—* Quando você lançar o livro com certeza serei uma das primeiras a comprar… 😀

    Bjos! =*

  3. Kamila Schmidtt / maio 16 2011 01:20

    Ameeeeeeei esse post! Como sempre mto apaixonante… Seus posts inspiram amor, sabe? É como assistir um bom filme clássico de romance rsrss

    Beijooooooos ;**

  4. Paloma Brunoro / maio 16 2011 01:23

    Algo que muito me atrai nos seus textos é o seu vocabulário. Acredito que esta seja uma das maiores qualidades dos escritores da atualidade: não usar abreviações e gírias em trabalhos sérios apenas por serem publicados na internet. Continue com seu estilo que muito agrada a todos!

  5. Jeh / maio 16 2011 01:24

    Seu blog está a cada dia melhor, maravilhosas reflexões. Parabéns pelos textos, todos que conheço só te elogiam! Aliás, o layout daqui também é belíssimo!

  6. Jociano M. / maio 16 2011 01:26

    Muito me intriga nos seus textos é o fato de os posts nunca se repetirem. Digo, de a sensação, as emoções explícitas serem sempre semelhantes, mas nunca iguais. Cada post seu é único. Parabéns pelo talento nato, poucos o tem…

  7. Daniica' / maio 16 2011 01:28

    Que post belooooooooo.. tudo aqui é mt lindo! Adoro as coisas que vc escreve!

    bjs

  8. Rafaelle / maio 16 2011 01:38

    Em tão poucas linhas vc escreve algo tão perfeito! Dei uma olhada no arquivo do seu blog e adorei toooooodos os posts! Seu blog está nos meus favoritos 😀

  9. Diego / maio 16 2011 01:39

    Acabei de ver no Twitter de uma amiga falando sobre o seu blog. Parabéns pelos textos, são de tirar o fôlego. Espero ansioso por novos posts aqui.

  10. Dayane Venturini / maio 16 2011 01:40

    “Dissimule tuas reais intenções. Implore. Mostrarei a ti a insaciável paixão crescente em mim.”

    Mais perfeito impossível! Meu preferido até agora *—*

  11. Kalleb / maio 16 2011 01:52

    Seus textos são formidáveis. É impossível e improvável que um dia alguém entre aqui e desgoste do que escreve. É surreal o conforto que se encontra ao escrever sobre amor. Parabéns, moça.

  12. sarah / maio 16 2011 02:04

    A cada dia que passa. Suas palavras ficam melhores. Lindo! =)

  13. João Afonso / maio 16 2011 02:07

    Me alegra ver tamanho talento brasileiro. São raras pessoas como você que se dedicam à arte da escrita, e você o faz incrivelmente bem. Inspira, maravilha, interessa. Sinto a necessidade de ler sempre um bocado mais. Jamais conseguiria me expressar como você rs.

  14. Paty / maio 16 2011 02:23

    Essa semana tive q escrever uma redação na escola e era sobre sentimentos >.< Lembrei dos seus textos e tentei me inspirar, e eu tirei nota máxima *—*

  15. Marilene / maio 16 2011 02:40

    Esta face sensual-sexual do amor é a que melhor me entretém. Gosto de ler sobre prazeres da carne mesclados com as emoções mais íntimas de quem as vive. Continue postando, por favor. Sou fã do seu blog.

  16. Bruno / maio 16 2011 02:41

    Sempre sensual quando fala sobre amor, é o seu estilo.

  17. Lylyan / maio 16 2011 02:49

    Ainda que fale de um momento sexual, o texto não foge de sua delicadeza, da sutileza desconcertante que é a sua. Muito bacana!

  18. Ane Honoratto / maio 16 2011 02:55

    Suas palavras exalam luxúria apesar de sempre esconderem por detrás de si lindas memórias – supondo que sejam de experiências pessoais. Surpreendentemente racional, ainda que haja tamanha entrega emocional. Lindo.

  19. Suellen / maio 16 2011 03:03

    Nossaaa, texto super sensual 😮 Ficou lindo sem baixar o nível hehe 😉 Amei, Geane!

  20. Talyta / maio 16 2011 03:17

    Cada um mias lindo que o outro *o* é vc mesma que escreve?
    Bjs e ótima semana pra vc :*

    • Geane Aguiar / maio 16 2011 03:20

      Olá, Talyta!
      Todos os textos do blog foram escritos por mim. Obrigada pelo elogio! =)

      Abraços.

  21. KarlaHack / maio 18 2011 01:06

    Arrebatador!
    Achei as analogias precisas!

    ;D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: