Skip to content
11/04/2011 / Geane Aguiar

Anunciou em trombetas a sarcástica zombação do meu estilo de vida. Desenfreou argumentos, cuspiu falas, molestou incompreensões. Ficou na retaguarda, com base de influências contra mim, na sombra de propostas insuficientes. Respirei um misto de paciência e dor. Por quê? Não sei.

Recuperei a consciência, ergui o que me restava de opinião e recolhi o significado de paz no mesmo momento em que partiu.

Não enxergando mais os arranhões e infrações na superfície, sua volta nem ao menos começa com desculpas, lamentações, arrependimentos. Joga de uma vez uma pergunta estúpida de domínio cru: Sem ressentimentos? Cortante, desigual, com certo fascínio obsceno. Devo responder que sim, tenho muitos. Aquilo que sinto explodir em meus pulmões, que puxa a sanidade para a boca, não atrevo dizer. Calo. Em troca de nada, não há o que receber. Não respondo, somente aceito a sua volta – contraditória e inútil.

Veja com seus próprios olhos: não me importo mais com sua existência. Sua chegada foi em vão, você perdeu a vez.

Anúncios

28 Comentários

Deixe um comentário
  1. Juliana Machado / abr 13 2011 00:19

    Esse texto é muito lindo. Um dos meus favoritos também. Expressa muito bem aquele sentimento de ser trocado por outra pessoa – normalmente alguém “inferior”. E é impressionante a cara de pau de certas pessoas, né? “Sem ressentimentos?” Ai, ai…
    O importante é ser como você, seguir em frente sem perder muito tempo se preocupando com quem não merece nossa atenção ^^

    Parabéns *-* Adorei o post ♥

  2. Dan / abr 13 2011 00:21

    Forte o texto heim?
    Mas muito triste!
    =]

  3. wagner noya / abr 13 2011 00:22

    adorei teu blog

    perfeito mesmo =)

  4. dinho / abr 13 2011 00:35

    Amei o texto, Realmente Vc escreve muito bem, gostaria de saber a fonte do texto? obrigado

    • Geane Aguiar / abr 13 2011 00:38

      Olá, Dinho.
      Como assim ‘a fonte do texto’? Foi escrito por mim, criado, não foi retirado de texto de terceiros, caso seja isto que esteja perguntando.

      Abraços!

  5. Lorraine / abr 13 2011 00:54

    Uau. Nossa lindo! Adorei.

  6. Arthur Rafael de Salve Agostinho / abr 13 2011 00:55

    Adorei o texto!!! Fora de série, sensacional. =)

    Pra mim foi inspirador.

  7. Rafael Diniz Freitas / abr 13 2011 00:56

    Confesso que a tempos não via um texto tão bem escrito. Realmente fiquei muito impressionado, você escreve de uma forma muito inteligente e comovente. Acho que para quem tem um contato maior com a escrita o seu texto se torna ainda mais comovente e abrindo um leque para talvez inúmeras interpretações, claro, não sei se foi seu objetivo… Está realmente de parabéns Geane, muito bonito o texto, de verdade mesmo ! Aguardarei ansioso por outros !

  8. Carla Damaris / abr 13 2011 00:57

    amei o texto *-*

  9. Mel Luppi / abr 13 2011 00:58

    Ai.. ta lindo o blog! e o texto é muito bonito também, parabéns! =) bjss!!

  10. Infested Asuka / abr 13 2011 01:01

    Adorei. Mas a interpretação que eu dei não foi bem a de um relacionamento amoroso. A mim parece mais o modo como julgamos uns aos outros, sempre achando que somos melhores ou que sabemos mais, quando na verdade deveriamos cuidar de nossas próprias vidas e incentivar os outros a fazerem o mesmo. HAUHUAHU

    • Geane Aguiar / abr 13 2011 02:18

      Olá, Asuka!

      Este texto é sobre amizade. Eu conhecia essa pessoa há anos e foi uma série de grandes problemas que desencadearam essa falta de paciência. Ela tinha consciência de tudo que provocou e ainda assim persistiu em magoar a amizade que tínhamos. Num momento como este, não há como não julgar – chega no limite.

      Abraços.

  11. Luísa B. / abr 13 2011 01:02

    Muito muito muito lindo o texto! sério mesmo! voce escreve realmente bem, tem muito talento =) Consegue transformar sentimentos em palavras como ninguem!
    “Devo responder que sim, tenho muitos. Aquilo que sinto explodir em meus pulmões, que puxa a sanidade para a boca, não atrevo dizer. Calo.” em especial nessa parte!
    está de parabéns 😀

  12. Amandha Martins / abr 13 2011 01:07

    Texto de grande intensidade, lindamente escrito…
    Cala e toca quem já sentiu algo parecido!
    Belo blog! 🙂

  13. Rafael / abr 13 2011 01:13

    otimo texto gostei muitoo =DDD

  14. Joe / abr 13 2011 01:21

    Realmente, isso nos faz pensar em como é ser trocado e refletir antes de chegarmos a fazer tal ato. Mas tbm achei o texto muito triste e ao mesmo tempo bonito e com um tom de experiencia propria xD
    parabéns, o post ficou muito bom hj ^^

  15. sarah / abr 13 2011 01:47

    A cada dia que passa, você fica melhor.

  16. Rachel Brito / abr 13 2011 01:47

    Respondo com o antigo título do meu antigo blog: Melô o pique na Alta Inquisição #reflexão… Cada dia vc ta melhor o/ Gambatte

  17. Renata Lélis / abr 13 2011 02:28

    muito bom o teexto.

  18. Eliza Diniz; / abr 13 2011 02:40

    perfeito!

  19. Guilherme / abr 15 2011 00:01

    Bem profundo… 🙂

  20. Glal / abr 15 2011 00:13

    Belíssimo o texto!Parabens!
    http://juventudeinformada.blogspot.com/

  21. Prince Lima / abr 15 2011 00:17

    cheio de ressentimento o texto
    mas bem legal, me identifico de certa forma
    gostei muito do seu blog

  22. Mariana Frazão / abr 15 2011 01:47

    Fiquei sem palavras…forte, carregado de sentimento, muito bem escrito… parabéns!

  23. João Batista de Lacerda / abr 15 2011 02:34

    Estou retribuindo a visita.
    Blog diferente, interessante!

  24. Ana / abr 15 2011 14:21

    Muito bom… adorei
    Até!!

  25. Hanike / abr 17 2011 20:18

    Você é tão… “ultraromantista” reprimida! haha… ^^”
    Acho por deveras interessante…
    Bem sabes que sou “fã-praticante” (?) de Surrealismo e Simbolismo e fã de Ultra-Romantismo! =)

  26. Paulo Ackles / abr 20 2011 02:06

    Muito bom, parabéns.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: